A Wiz Soluções (WIZS3), fundada em 1973 com o nome de Par Corretora, fez um bom IPO em 2015, mas, após atingir sua máxima em 2017, passa por uma transformação que vem punindo, e muito, o papel.

Somente nos últimos quatro meses, a ação caiu mais de 35%. Fernando Fontoura, da Persevera Asset (clique aqui para saber mais), convidado do Stock Pills desta semana, o desempenho ruim do papel se justifica, mas o mercado ignora as boas opcionalidades existentes no negócio.

“A empresa está evoluindo, mas ainda assim tinha uma dependência muito grande do seu contrato com a Caixa, que expiraria em 2021. Agora, no inicio de 2021, a Wiz participou do processo competitivo para renovação desse contrato e não foi escolhida para continuar prestando esse serviço. Isso tem gerado um certo desconforto no mercado porque atualmente a principal fonte de receita da Wiz é a Caixa”, explicou Fontoura sobre a situação da empresa.

Deixe seu e-mail e receba a newsletter STOCK PICKERS toda semana!

Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.

Fazendo algumas contas de valuation, Fontoura acredita que o valor que a Wiz tem para receber da receita de estoque de seguros vendidos anteriormente nos próximos anos é uma parte relevante do valor de mercado que ela tem hoje.

E isso, para Fontoura, dá segurança para apostar no processo de transformação da empresa.

O profissional mais desejado do mercado de ações está em falta no Brasil: Descubra como ocupar essa lacuna e alavancar sua carreira em apenas um ano (clique aqui para saber mais).

Saiba mais sobre as oportunidades que a Wiz tem encontrado no mercado e a visão completa do Fernando Fontoura clicando no player acima.

The post Ação da Wiz cai 35% em 4 meses; é hora de comprar? appeared first on InfoMoney.