SÃO PAULO – A Laureate informou em comunicado ao mercado na manhã desta quarta-feira (21) que recebeu da Ânima (ANIM3) oferta em dinheiro por suas operações no Brasil e que ela foi cerca de R$ 500 milhões acima da proposta inicial da Ser (SEER3).

A Laureate informou que a Ânima vai pagar os R$ 180 milhões em multa rescisória para a Ser e que a oferta da Ânima ainda inclui R$ 200 milhões a serem pagos dependendo de certas métricas a serem alcançadas. A companhia informou que pretende encerrar as tratativas com a Ser Educacional.

Já em comunicado, a Ser afirmou que houve divergência entre as partes em relação ao válido exercício do direito de go-shop ( por meio do qual poderia ativamente solicitar e aceitar, até 13 de outubro de 2020, proposta vinculante apresentada por terceiros e que fosse superior à efetivada pelo Grupo Ser Educacional) e, em razão dessa divergência, o assunto será discutido judicialmente.

“Nesse sentido, a Ser entrou com pedido de tutela cautelar, em caráter antecedente a procedimento arbitral e obteve decisão liminar favorável, mantendo o Transaction Agreement, válido e eficaz.
A Ser manterá o mercado informado sobre fatos relevantes relativos a este assunto”, apontou.

No dia 13 de setembro, a Ser anunciou acordo para a compra da Laureate Brasil, que detém grandes marcas do ensino superior no Brasil como a Anhembi Morumbi e a FMU. Pelo combinado, haveria pagamento em dinheiro e em ações, sendo que a parcela em dinheiro soma R$ 1,7 bilhão. Além disso, a Laureate receberia 44% das ações da Ser.

Contudo, o contrato com a Ser previa que a Laureate tinha direito de buscar transações mais vantajosas com terceiros até 13 de outubro de 2020, sendo que a Ser teria o direito a igualar outra proposta. Se a Laureate decidisse por outra oferta, a companhia teria de pagar multa de R$ 180 milhões para a Ser.

A Laureate Brasil possui mais de 50 campi espalhados pelo Brasil em 13 cidades e sete estados e mais de 500 centros de ensino à distância. No primeiro trimestre, a companhia tinha 267 mil alunos, 82% dos quais estão na modalidade presencial e com mais de 800 em cursos de medicina. Regionalmente estão concentrados em São Paulo (50%) e no Nordeste (33%). Nos últimos doze meses até o primeiro trimestre desse ano, a empresa teve R$ 2,2 bilhões de receita líquida.

Em relatório recente, o Bradesco BBI destacou que a aquisição da Laureate poderia consolidar ainda mais o posição no Sudeste para a Anima. Além disso, a empresa tem um perfil de aluno semelhante, o que poderia trazer sinergias e representar um começo promissor para as iniciativas de ensino à distância da Anima. Por outro lado, o acordo teria uma magnitude grande para a empresa.

As ações da Ânima tinham leve queda de 0,26% (R$ 30,92) às 10h51, enquanto os papéis da Ser tinham queda de 0,64% (R$ 15,47), com a última negociação às 10h32 por conta da divulgação do fato relevante durante o pregão. Após saírem do leilão, os ativos da Ser passaram a ter queda mais forte, de cerca de 4%.

Por Dentro dos Resultados
CEOs e CFOs de empresas abertas comentam os resultados do ano. Cadastre-se gratuitamente para participar:

Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.

The post Ânima apresenta oferta maior e Laureate no Brasil encerra conversas com a Ser, que recorre à Justiça appeared first on InfoMoney.