As bolsas europeias e os índices futuros americanos têm tendência de leve queda nesta terça-feira (27), à medida que os investidores reagem à divulgação de resultados e esperam pelo início da reunião do Fed. As bolsas asiáticas fecharam com tendência de queda, em meio a uma ressurgência do coronavírus.

Até o momento, 84% das empresas componentes do índice S&P que reportaram tiveram resultados acima da expectativa, mas a reação dos mercados, que já estão em níveis elevados, tem sido relativamente amena. Na segunda, o índice S&P se aproximou de bater um novo recorde, e o Nasdaq subiu 0,9%, atingindo um patamar recorde.

Nesta terça, investidores se preparam para a reunião de dois dias do Fed, o banco central americano, que se inicia hoje. A expectativa é de que o banco central não tome nenhuma nova medida imediatamente, e investidores devem se manter atentos às falas do presidente da instituição, Jerome Powell, especialmente em relação à inflação.

Os índices futuros americanos ficam estáveis. Um outro ponto importante é a divulgação de resultados por empresas, prevista para empresas como Alphabet, Microsoft e Starbucks, para depois do fechamento.

As bolsas asiáticas fecharam com tendência de queda, em meio à preocupação sobre a aceleração do ritmo de propagação da Covid.

Na terça-feira, o Banco do Japão anunciou a sua decisão de manter sua política monetária estável. Além disso, o banco central japonês revisou sua projeção para o núcleo da inflação no ano fiscal de 2021 dos 0,5% projetados em janeiro para 0,1%.

Várias regiões do país, incluindo Tóquio e Osaka, foram colocadas sob um novo estado de emergência em um esforço para barrar a propagação da Covid. O índice Nikkei caiu 0,46%, enquanto que o Topix caiu 0,76%.

As bolsas europeias têm tendência de leve queda, com o índice Eurostoxx, que reúne as ações de 600 empresas de todos os principais setores de 17 economias europeias recuando 0,16%. Ações dos setores de viagem e lazer sobem 2,1%, enquanto que aquelas dos setores automotivo e de seguros caem 0,8%.

Empresas como BP, UBS, ABB, Schneider Electric e Novartis estão aquelas que reportam nesta terça. Os resultados da BP superaram as expectativas com folga, com lucro com custo de reposição de US$ 2,6 bilhões no primeiro trimestre, impulsionado por preços mais altos do petróleo e margens maiores de refino. As ações da petroleira sobem mais de 0,7%.

A UBS reportou receita líquida de US$ 1,8 bilhão para o primeiro trimestre, alta de 14%. Mas indicou perdas significativas com o escândalo envolvendo o fundo de investimentos Archegos Capital, em abril.

O movimento se iniciou após a oferta de US$ 3 bilhões em ações da ViacomCBS por meio dos bancos Morgan Stanley e JPMorgan naufragar, levando a forte desvalorização dos papéis.

Isso desencadeou uma série de eventos que levou corretores a serviço do Archegos a se retirarem em massa de suas posições, em uma liquidação de ações no valor de mais de US$ 20 bilhões.

Isso afetou não só os papéis da ViacomCBS, mas também de outras empresas de mídia, como Discovery, e também ADRs chinesas de internet negociadas nos Estados Unidos, como Baidu, Tencent e Vipshop. Instituições financeiras a serviço da Archegos também foram afetadas.

Logo após as vendas do fundo de hedge, o suíço Credit Suisse e a empresa japonesa de serviços financeiros Nomura informaram que tiveram perdas “significativas” nos resultados do quarto trimestre devido a transações de um cliente, levando a desvalorização de suas ações. Agora, o mesmo efeito se repete com o suíço UBS, cujas ações têm quedas de 2,8%.

Veja o desempenho dos principais indicadores às 6h50 (horário de Brasília):
*S&P 500 Futuro (EUA), -0,03%
*Nasdaq Futuro (EUA), -0,13%
*Dow Jones Futuro (EUA), -0,02%
Europa
*Dax (Alemanha), -0,35%
*FTSE 100 (Reino Unido), -0,12%
*CAC 40 (França), -0,12%
*FTSE MIB (Itália), -0,5%
Ásia
*Nikkei (Japão), -0,46% (fechado)
*Hang Seng Index (Hong Kong), -0,04% (fechado)
*Kospi (Coreia do Sul), -0,07% (fechado)
*Shanghai SE (China), +0,04% (fechado)
Commodities e bitcoin
*Petróleo WTI, +0,48%, a US$ 62,19 o barril
*Petróleo Brent, +0,3%, a US$ 65,85 o barril
*Bitcoin, +3,68%, a US$ 54.581,23
**Contratos futuros do minério de ferro negociados na bolsa de Dalian com alta de 1,89%, cotados a 1158,5 iuanes, equivalente hoje a US$ 178,63 (nas últimas 24 horas).
USD/CNY = 6,49

Entre no grupo do InfoMoney no Telegram para ter acesso a este conteúdo e faça parte de uma comunidade de mais de 160 mil pessoas que acompanham a plataforma.

O Telegram do InfoMoney oferece gratuitamente uma cobertura em tempo real do mercado financeiro. Traz também análises e as principais notícias que movimentam as Bolsas, aqui e no exterior.

The post Bolsas europeias e futuros americanos têm leves quedas com resultados e reunião do Fed no radar appeared first on InfoMoney.