Gráfico de queda

Os índices futuros americanos e as bolsas europeias têm quedas nesta terça (20), após uma segunda-feira marcada pelo mau desempenho de ações do setor de tecnologia nos Estados Unidos. Investidores aguardam a divulgação de resultados de grandes empresas. As bolsas asiáticas fecharam com desempenhos mistos, sendo que o Nikkei teve perdas de quase 2%.

Na segunda, os principais índices americanos tiveram quedas, prejudicados pelo setor de tecnologia. O índice Dow Jones perdeu mais de 120 pontos, prejudicado pelas ações da Intel, que recuou mais de 1,5%.

Facebook, Amazon e Microsoft recuaram, contribuindo para que o índice Nasdaq tivesse o pior desempenho, com queda de quase 1%. As ações da Tesla caíram mais de 3%.

Nesta terça, os índices têm leves quedas, à medida que investidores aguardam a divulgação de resultados.

Responsável pela fabricação de uma vacina de dose única contra a Covid, a Johnson & Johnson divulga seus resultados antes da abertura do mercado, acompanhada por Procter & Gamble e Travelers. A Netflix deve divulgar os seus resultados após o fechamento.

As bolsas asiáticas fecharam com desempenhos variados entre si, após a China anunciar que manterá sua taxa de juros referencial com vencimento em um ano inalterada, em 3,85%. A taxa de juros com vencimento em cinco anos ficou em 4,65%. Os patamares estão de acordo com a expectativa de analistas ouvidos pela agência internacional de notícias Reuters.

As bolsas japonesas lideraram as perdas entre os principais mercados da região, com o índice Nikkei recuando 1,97%. O índice Shanghai composto recuou 0,13% e o componente Shenzhen, 0,113%.

Já na Europa, o índice Eurostoxx, que reúne as ações de 600 empresas de todos os principais setores de 17 países europeus, recua 0,86%. O setor de serviços recua 1,2%, liderando as perdas. Todos os setores têm quedas, com exceção do automotivo, que sobe 0,7%.

Investidores na Europa acompanham a divulgação de resultados de Danone, Kering, Atos e Associated British Foods. A Rio Tinto divulga um relatório sobre o primeiro trimestre. Apesar de ter tido queda de 3,3% nas vendas no primeiro trimestre, a Danone manteve a meta de voltar à lucratividade e crescer no segundo semestre.

A British American Tobacco teve os piores resultados do índice Eurostoxx, recuando mais de 6% após o presidente dos Estados Unidos Joe Biden afirmar que está considerando exigir que fabricantes reduzam a quantidade de nicotina em seus cigarros vendidos no país. A Imperial Brands também teve fortes quedas, de 5,4%.

Por outro lado, apesar da vigência de medidas de lockdown no início do ano, o índice de desemprego no Reino Unido caiu inesperadamente em fevereiro pelo segundo mês consecutivo, para 4,9%.

Veja o desempenho dos principais indicadores às 6h30 (horário de Brasília):
*S&P 500 Futuro (EUA), -0,16%
*Nasdaq Futuro (EUA), -0,05%
*Dow Jones Futuro (EUA), -0,25%
Europa
*Dax (Alemanha), -0,5%
*FTSE 100 (Reino Unido), -0,6%
*CAC 40 (França), -1%
*FTSE MIB (Itália), -0,98%
Ásia
*Nikkei (Japão), -1,97% (fechado)
*Hang Seng Index (Hong Kong), +0,1% (fechado)
*Kospi (Coreia do Sul), +0,68% (fechado)
*Shanghai SE (China), -0,13% (fechado)
Commodities e bitcoin
*Petróleo WTI, +0,99%, a US$ 64,01 o barril
*Petróleo Brent, +0,94%, a US$ 67,68 o barril
*Bitcoin, +2,93%, a US$ 56.527,53
**Contratos futuros do minério de ferro negociados na bolsa de Dalian com alta de 3,58%, cotados a 1100,0 iuanes, equivalente hoje a US$ 169,29 (nas últimas 24 horas).
USD/CNY = 6,50

Entre no grupo do InfoMoney no Telegram para ter acesso a este conteúdo e faça parte de uma comunidade de mais de 160 mil pessoas que acompanham a plataforma.

O Telegram do InfoMoney oferece gratuitamente uma cobertura em tempo real do mercado financeiro. Traz também análises e as principais notícias que movimentam as Bolsas, aqui e no exterior.

The post Bolsas europeias e índices futuros americanos registram novo dia de baixa; resultados do 1º trimestre seguem no radar appeared first on InfoMoney.