(Bloomberg) – O Citigroup projeta que a Opep+ vai aumentar a oferta ao mercado em abril, enquanto a Arábia Saudita deve encerrar os cortes unilaterais da produção, já que a redução sustentada dos estoques globais de petróleo impulsionou os preços.

O grupo de 23 membros deve elevar a produção no mês que vem em 500 mil barris por dia, disse o Citigroup em relatório, acrescentando que os cortes voluntários da Arábia Saudita desempenharam um papel importante no reequilíbrio do mercado. Os preços mais altos do petróleo incentivam produtores a aumentar a produção de petróleo, mas a reunião da Opep+ nesta semana deve resultar em acordo em vez de confronto, disse o banco.

“Embora o grupo possa precisar ser extremamente cauteloso e se proteger contra a complacência, acreditamos que a perspectiva de recuperação da demanda deve criar mais espaço para voltar a elevar a produção, sem inclinar o saldo global novamente para um superávit nos próximos meses”, disseram analistas como Ed Morse.

Os preços do petróleo sobem neste ano e, na semana passada, tradings e bancos de investimento fizeram previsões otimistas para o setor. Além disso, a recente onda de frio nos Estados Unidos reduziu ainda mais a oferta ao paralisar grande parte da produção no país. O Citigroup estima que os estoques globais de petróleo caíram 4 milhões de barris por dia até agora no primeiro trimestre.

Com a reversão dos cortes da Arábia Saudita, apenas uma pequena parcela desse volume extra de petróleo irá para o mercado de exportação, pois a maior parte deve ser usada pelo sistema de refinaria doméstico, disse o banco. O Oriente Médio poderia absorver ainda mais – até 1 milhão de barris por dia – se a Arábia Saudita e o Kuwait prosseguirem com operações preliminares em suas novas refinarias Jizan e Al-Zour, respectivamente.

A única razão para não bombear mais barris em abril seria um possível acordo para retomar o pacto nuclear entre EUA e Irã, que adicionaria 500 mil barris por dia ou mais ao mercado, disse o Citigroup.

“Dado o alto grau de incerteza, divergências entre os membros da Opep+ provavelmente serão adiadas até abril, quando a crescente demanda das refinarias por petróleo pode levar a maioria dos produtores a querer acelerar o fim das restrições à produção”, disse o Citigroup.

Como um trader ganha dinheiro, controla perdas, equilibra o emocional e multiplica capital? Assista na Imersão Trader Estratégico, treinamento gratuito do analista Charlles Nader.

The post Citigroup prevê aumento da produção da Opep+ em abril appeared first on InfoMoney.