(CONDADO DA FARIA LIMA) – O Coffee & Stocks desta segunda-feira (19) falou de um assunto que está cada vez mais na boca dos investidores: ESG (sigla em inglês para Ambiental, Social e Governança). Convidamos Marcella Ungaretti, que desde o ano passado é a responsável pelas análises ESG dentro da equipe de research da XP, para responder algumas perguntas sobre o assunto.

Marcella respondeu as seguintes perguntas na conversa de 30 minutos (confira o papo completo no vídeo acima ou em nosso canal no Youtube):

– Depois de quase um ano focada em análise ESG na XP, o que você percebe que mudou no mercado de lá pra cá?

– Existem empresas que já são consolidadas como referência em ESG (caso da Natura) e outras cuja própria natureza de negócio dificulta a percepção de boas práticas ambientais (como frigoríficos e mineradoras). Como uma analista de ESG avalia essas particularidades?

  • Existe o risco de uma empresa tornar-se “ESG demais”, ou seja, tentar promover tantas mudanças nas questões sociais, ambientais e de governança que acaba gerando um efeito negativo nos resultados e na cultura da própria empresa?

– Dê um exemplo de como o ESG é colocado em prática nas análises da XP.

Coffee & Stocks

O Coffee & Stocks é o programa de entrevistas diárias do Stock Pickers. Transmitido de segunda a sexta pontualmente das 8h às 8h30 da manhã no Youtube (inscreva-se no canal para não perder nenhuma live). Confira a agenda da semana:

20/04 (terça) – C&S Global sobre Coinbase, com Rudá Pellini, co-fundador da Wise&Trust
21/04 (quarta) – FERIADO
22/04 (quinta) – C&S Por que invisto em: 3R (RRRP3) com João Saldanha, gestor da SulAmérica
23/04 (sexta) – C&S Sextou com Tiago Fernandes, CEO da VRB. Tema: como ajudar o mundo e fazer bons investimentos ao mesmo tempo

Telegram do Stock Pickers: não perca nenhuma novidade na lista da mais quente do mercado. Acesse gratuitamente clicando aqui.

The post Existe o risco de uma empresa tornar-se “ESG demais?” Analista ESG da XP responde appeared first on InfoMoney.