Os índices futuros americanos operam próximos à estabilidade na sessão desta terça-feira (13), enquanto os índices europeus têm leve tendência de alta. As bolsas asiáticas fecharam em sentidos diferentes, com alta do Nikkei e queda em Shangai.

Nos EUA, os investidores aguardam dados de inflação medida pelo CPI (Índice de Preços ao Consumidor) relativo a março, a serem divulgados antes da abertura dos mercados.

É provável que os níveis de inflação nos Estados Unidos tenham retornado em março a níveis anteriores à pandemia. A expectativa é que se aqueçam mais nos próximos meses, com a reabertura da economia, alta da demanda e estoques em baixa.

Consumidores vacinados poderão voltar a viajar e a realizar outras atividades que não são recomendadas aos não vacinados, o que pode criar uma alta temporária na inflação nos serviços.

A expectativa de economistas ouvidos pela Dow Jones é de que a taxa global (sem ajustes referentes a sazonalidade) de inflação nos Estados Unidos se acelere 0,5% em março, na comparação mensal. Na comparação anual, a inflação deve ser 2,5% maior frente alta de 1,7% em fevereiro.

O Federal Reserve vem afirmando que a alta da inflação é prevista e temporária, sinalizando de que a instituição não pretende intervir reduzindo estímulos aos mercados ou elevando a taxa de juros referencial.

Em um painel do Fundo Monetário Internacional na semana passada, o presidente do Fed, Jerome Powell afirmou: “Nós queremos ver a inflação subindo a cerca de 2%. Em um nível sustentável. Nós não queremos simplesmente tocar esse patamar uma vez. Também queremos ver esse nível a caminho de se mover moderadamente acima de 2% por algum tempo. O motivo é que queremos uma média de inflação de 2%, com o tempo (…) A inflação tem se mantido abaixo de 2%. Nós queremos que ela fique moderadamente acima de 2%. É isso que buscamos. Esta é a situação que buscamos. E quando chegarmos a ela, será então que elevaremos as taxas de juros”.

A aceleração da inflação é um dos maiores temores do mercado devido a seu potencial de corroer o valor dos ativos e as margens corporativas, e limitar o poder de compra.

As bolsas asiáticas fecharam em sua maioria em alta na terça-feira, apesar da divulgação de dados indicando que as exportações chinesas saltaram 30,6% em março em relação a um ano antes, em dólares. O patamar fica abaixo da expectativa de alta de 35,5% de analistas ouvidos pela agência internacional de notícias Reuters.

As importações em dólares subiram 38,1% em março na comparação com um ano antes, excedendo a alta de 23,3% prevista por analistas.

A China Eastern Airline anunciou na segunda-feira que elevará sua participação na europeia Air France KLM, após contribuir com US$1,2 bilhão sobre a emissão de ações.

Os mercados europeus têm leve tendência de alta, com o índice Eurostoxx, que reúne as ações de 600 empresas de todos os principais setores de 17 países europeus, subindo 0,24%. Ações do setor de tecnologia lideram os ganhos, com altas de 0,7%. Já as empresas de telecomunicação perdem 0,7%.

Dados oficiais publicados na terça indicam alta de 0,4% no PIB do Reino Unido em fevereiro, levemente abaixo da expectativa de economistas, de expansão de 0,6%.

A produção manufatureira aumentou 1,3%, acima da expectativa de ganho de 0,5%, enquanto a produção no setor de serviços cresceu 0,2%, abaixo das projeções de crescimento de 0,6%.

Veja o desempenho dos principais indicadores às 6h30 (horário de Brasília):

*S&P 500 Futuro (EUA), +0,02%
*Nasdaq Futuro (EUA), -0,03%
*Dow Jones Futuro (EUA), +0,08%
Europa
*Dax (Alemanha), +0,24%
*FTSE 100 (Reino Unido), -0,11%
*CAC 40 (França), +0,29%
*FTSE MIB (Itália), +0,4%
Ásia
*Nikkei (Japão), +0,72% (fechado)
*Hang Seng Index (Hong Kong), +0,15% (fechado)
*Kospi (Coreia do Sul), +1,07% (fechado)
*Shanghai SE (China), -0,48% (fechado)
Commodities e bitcoin
*Petróleo WTI, +0,5%, a US$ 60,01 o barril
*Petróleo Brent, +0,68%, a US$ 63,68 o barril
*Bitcoin, +2,78%, a US$ 62.577,07
Sobre o minério: **Contratos futuros do minério de ferro negociados na bolsa de Dalian com queda de 0,56%, cotados a 1022,5 iuanes, equivalente hoje a US$ 156,17 (nas últimas 24 horas).
USD/CNY = 6,55

Entre no grupo do InfoMoney no Telegram para ter acesso a este conteúdo e faça parte de uma comunidade de mais de 160 mil pessoas que acompanham a plataforma.

O Telegram do InfoMoney oferece gratuitamente uma cobertura em tempo real do mercado financeiro. Traz também análises e as principais notícias que movimentam as Bolsas, aqui e no exterior.

The post Futuros americanos operam próximos à estabilidade com investidores à espera de dados de inflação nos EUA appeared first on InfoMoney.