Plataformas de análise

Investidores que buscam informações confiáveis para tomada de decisões contam agora com uma das plataformas de análise de dados financeiros mais completas do mercado e que antes era utilizada apenas pelas maiores instituições financeiras do país em suas atividades relacionadas à análise de investimentos, consolidação, gestão de risco, etc.

Trata-se do Comdinheiro Light, que oferece online os dados mais recentes disponíveis no mercado, em qualquer dispositivo, simultaneamente. Por meio do software, o investidor consegue ter acesso a análise fundamentalista, histórico de indicadores, screener de ações, comparação de mais de 2 mil empresas, simulador de previdência, além de consolidação de carteiras e comparação entre milhares de investimentos, inclusive fundos e títulos públicos.

O desenvolvimento da plataforma surgiu de uma percepção do Comdinheiro do crescimento no interesse de pessoas físicas por uma plataforma completa de análise de investimentos. Assim, foi criada uma ferramenta que utiliza da mesma base de dados e motor do Comdinheiro Institucional, porém com uma interface que visa facilitar a utilização para usuários de todos os níveis de conhecimento.

Além da interface ser user-friendly, a plataforma aposta também nos preços acessíveis para atrair os investidores. É possível contratar planos a partir de R$99,90 por mês, sendo que os primeiros 7 dias são grátis e é possível fazer um test drive sem compromisso de compra.

Crescimento da bolsa
Um levantamento feito pelo sistema de análise de mercado Comdinheiro mostra que, de dezembro de 2013 até janeiro deste ano, o Ibovespa teve uma alta de 113,6%, saindo de 51.507 pontos para 115.645 pontos.

Com a crise desencadeada pelo novo coronavírus, o mercado entrou em alta  volatilidade e viu o índice cair até a casa dos 60.000 pontos. No entanto, desde abril o Ibovespa vem se recuperando e já opera acima dos 118.000 pontos, maior patamar de fechamento desde janeiro.

 

 

The post Investidores podem acessar plataforma de análise utilizada por instituições financeiras appeared first on InfoMoney.