SÃO PAULO — O pior trimestre do ano para o balanço da Hermes Pardini (PARD3) já ficou para trás. Pelo menos essa é a percepção dos executivos da empresa, que participaram de uma live do InfoMoney nesta terça-feira (18). Entre abril e junho, a empresa teve lucro de R$ 7 milhões, queda de 83% sobre o mesmo período de 2019.

O desempenho foi impactado pela queda no número de exames eletivos durante a pandemia, mas a perda de receita foi parcialmente compensada pelos diagnósticos de Covid-19 vendidos pela companhia. No período, foram feitos mais de 430 mil testes para detectar a doença causada pelo novo coronavírus.

“Todas as linhas estão se recuperando, isso é um fato bastante importante, se aproximando aí de um total de 90% [do nível pré-pandemia], tirando a contribuição do [teste de] Covid-19”, disse Roberto Santoro, CEO do grupo. “Mas algumas linhas, por causa da pandemia, sofrem mais, principalmente exames em vivo, que você precisa do paciente pessoalmente para fazer determinado exame, como na área de radiologia.”

A live faz parte da série Por dentro dos resultados, em que CEOs e CFOs de empresas abertas comentam os resultados do ano e respondem dúvidas de quem estiver assistindo. Nos próximos dias, haverá lives com Priner, Profarma, Springs Global e Marisa (veja a agenda completa e como participar).

Santoro ressaltou os investimentos que têm sido feitos na área de tecnologia para tornar os processos mais eficientes nas marcas do grupo, além dos atendimentos em casa. Ele destacou que a Hermes Pardini segue com foco em seus dois business principais: no PSC, de unidades próprias, especialmente em BH, mas também em São Paulo, Rio e em Goiânia, e no segmento lab-to-lab, de exames diagnósticos para uma rede ampla de parceiros.

“Essa é uma vantagem competitiva, é importante essa diversificação da receita, especialmente em momentos como o atual, já que ajuda a companhia a atravessar a crise”, disse o CFO do grupo, Camilo de Lelis. Ele citou que o programa de corte de custos que a Hermes Pardini promoveu logo no início da pandemia também colaborou para os resultados.

Além disso, de Lelis afirmou que a captação de R$ 200 milhões feita pelo grupo no início do ano, por ora, é suficiente, mas não descartou a possibilidade de a companhia fazer uma nova captação no futuro.

O gerente executivo de relações com investidores da companhia, Matheus Torga, afirmou que a política de distribuição de dividendos da empresa segue sendo de 25% do lucro, o mínimo, mas que dependendo do desempenho financeiro da empresa no segundo semestre do ano “esse valor pode ser revisitado”. Assista à live completa acima.

Curso gratuito do InfoMoney ensina como lucrar na Bolsa fazendo operações que podem durar poucos minutos ou até segundos: inscreva-se!

The post Já estamos chegando a 90% da demanda por exames no pré-pandemia, diz CEO da Hermes Pardini appeared first on InfoMoney.