No noticiário de empresas, o destaque é o anúncio da combinação dos negócios da Localiza e da Unidas, mediante um acordo de troca de ações. O acordo pode dar origem a um negócio consolidado com receita líquida de R$ 14,8 bilhões. Além disso, o banco de investimento BR Partners e a empresa de logística Hidrovias do Brasil fixarão hoje o preço por ação em suas ofertas públicas iniciais.

Também chama atenção a notícia de que a Stone vai emitir BDRs na B3 que serão usados como parte do pagamento aos acionistas da Linx. Já a Petrobras anunciou aumento de 4% da gasolina vendida às refinarias, enquanto Cemig e Weg anunciaram o pagamento de proventos aos acionistas.

Confira os destaques:

Localiza (RENT3) e Unidas (LCAM3)

A Localiza e a Unidas anunciaram um acordo para combinação dos seus negócios. Segundo as empresas, o objetivo é criar um player com escala global, obtendo sinergias e ganhos de eficiência. A empresa consolidada teria uma frota de 490.949 veículos e receita líquida de R$ 14,8 bilhões, com lucro líquido de R$ 1,18 bilhão e Ebitda de R$ 3,47 bilhões.

Pelo acordo, anunciado na noite de ontem, os acionistas da Unidas vão receber 0,44682380 ação ordinária de emissão da Localiza em substituição a cada 1 ação ordinária de emissão da Unidas por eles detidas. Com isso, os acionistas da Localiza passariam a deter, em conjunto, 76,85% do capital social total e votante da companhia combinada, e os então acionistas da Unidas passariam a deter, em conjunto, 23,14%.

Veja também: Ações de Localiza e Unidas disparam até 20% após acordo para fusão; IRB salta mais de 10% com dados de julho

A Unidas poderá distribuir dividendos de até R$ 425 milhões a seus acionistas, se observadas determinadas condições, que serão pagos em até 90 dias depois da consumação da incorporação das ações. A operação depende de aprovação dos acionistas das empresas e do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Petrobras (PETR3;PETR4)

O preço da gasolina vendida nas refinarias às distribuidoras foi reajustado em 4% pela Petrobras; o preço vale a partir de hoje. O diesel não sofreu reajuste. De acordo com o último levantamento semanal disponibilizado pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), entre os dias 16 e 22 de agosto, o preço médio da gasolina comum no país era, na semana pesquisada, de R$ 4,268.

Ainda no radar da companhia, a Petrobras disse que não foi definido momento de lançamento da oferta pública secundária para a venda da fatia remanescente da BR Distribuidora, que depende, entre outros fatores, das condições de mercado e do preço, segundo comunicado ao mercado. A empresa disse ainda que operação depende também da aprovações adicionais de órgãos internos da empresa, da CVM e de órgãos reguladores.

Além disso, as mesas do Senado Federal e da Câmara dos Deputados reforçaram nesta terça ao Supremo Tribunal Federal (STF) o pedido para que os ministros impeçam a negociação de oito refinarias da Petrobras até que o programa de privatizações dessas unidades passe pelo crivo do Congresso. A primeira reclamação dos parlamentares foi apresentada em julho.

Nessa segunda-feira, as mesas avançaram um pouco mais, com o pedido para que a estatal suspenda a análise das propostas apresentadas para a compra da Refinaria Landulpho Alves (Rlam), na Bahia, e da Refinaria Presidente Getúlio Vargas (Repar), no Paraná, até que o Supremo se posicione sobre o caso.

O aditamento da reclamação apresentado pelas mesas do Senado e da Câmara foi uma resposta imediata à decisão do presidente do STF, ministro Luiz Fux, de postergar o julgamento da venda das refinarias da Petrobras, até então previsto para ser concluído na próxima sexta-feira, 25.

Três ministros haviam se posicionado pela concessão de uma liminar para suspender as privatizações até que o Congresso se posicionasse sobre elas. Mas, por um pedido de destaque, o ministro Fux tirou a ação do julgamento virtual e ainda não há data definida para que seja retomado.

Ambev (ABEV3)

Segundo o Valor Econômico, foi realizado mais um estudo sobre o efeito elasticidade-preço de uma nova tributação sobre bebidas não alcoólicas adoçadas, categoria que inclui refrigerantes, sucos de caixinha, isotônicos e bebidas à base de leite e chocolate.

Coordenado pelo economista Cláudio Lucinda e realizado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) a pedido da ACT Promoção da Saúde, o estudo concluiu que uma tributação de 20% sobre a categoria geraria R$ 4,7 bilhões de arrecadação tributária adicional por ano e um acréscimo de R$ 2,4 bilhões ao PIB, em valores de 2018. Tal tributação de 20% se daria por meio de uma Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide) e poderia implicar em uma variação da quantidade e do valor consumido de, respectivamente, -20% e -21%; caso a tributação fosse de 35%, esses valores seriam atualizados para -35% e -37%

“Entendemos que, por enquanto, se trata da divulgação de um novo estudo, sem efeitos diretos em termos de política pública. Ainda assim, como a ideia converge com o ‘sugar tax’ já mencionado pelo ministro Paulo Guedes, seguiremos monitorando a situação, uma vez que o segmento brasileiro de bebidas não alcoólicas da Ambev representa cerca de 7% do EBITDA da empresa”, avalia a XP Investimentos.

IRB (IRBR3)

O IRB teve prejuízo líquido de R$ 62,4 milhões em julho. Sem o impacto dos negócios descontinuados pela empresa, haveria lucro líquido de R$ 36 milhões. O faturamento bruto foi de R$ 1,546 bilhão, alta de 100,8% ante julho de 2019, sendo R$ 1,015 bilhão no Brasil e R$ 531,6 milhões no exterior. No Brasil, o avanço foi de 133%. No exterior, a alta foi de 58,8%. Segundo a empresa, o crescimento em julho de 2020 decorre da renovação, com crescimento de coberturas, de um contrato no segmento de petróleo emitido no mês.

Já o prêmio ganho totalizou R$ 657,6 milhões, enquanto a despesa de sinistro foi de R$ 638,3 milhões, com um índice de sinistralidade de 97,1% no mês de julho. No primeiro semestre de 2020, a sinistralidade foi de 108%.

Além disso, o índice de gastos externos (principalmente comissões) foi de 20,7%. O de gastos internos (despesas administrativas) foi de 3,4%. Já o Índice de Resultado Financeiro e Patrimonial alcançou 10% do faturamento em julho. O resultado de underwriting foi negativo em R$ 137,6 milhões, devido ao elevado volume dos negócios descontinuados no valor de R$ 160,8 milhões.

Segundo o Credit Suisse, os dados do IRB mostram uma melhoria sequencial, apesar de que as operações continuadas continuarão a pesar sobre os resultados por um bom tempo.

Panvel (PNVL3)

Semelhante ao que a Panvel já utiliza na região de Porto Alegre, a empresa vai inaugurar um pequeno centro de distribuição de cerca de 1,5 mil metros quadrados no bairro de Perdizes, em São Paulo. A perspectiva é que comece a operar em dezembro e esteja totalmente operacional em janeiro. Esse centro de distribuição vai agilizar a entrega das compras realizadas nos canais digitais.

De acordo com o Bradesco BBI, devido à necessidade de centros de distribuição ou mesmo drogarias estarem próximos ao consumidor para viabilizar a entrega rápida do produto via canal digital, a notícia da abertura de um pequeno centro de distribuição em São Paulo parece positiva. “Nesse sentido, embora a Panvel ainda tenha uma presença limitada na região de São Paulo, esse movimento deve ajudar a empresa a fortalecer seu canal digital, que hoje é referência no segmento de varejo de drogarias”, apontam os analistas, que reiteram a recomendação outperform e preço-alvo de R$ 39,00.

Stone

A Stone vai emitir BDRs na B3 que serão usados como parte do pagamento aos acionistas da Linx, segundo comunicado enviado à SEC, órgão regulador do mercado de capitais nos Estados Unidos. Apesar de ser uma empresa brasileira, a Stone é listada na Nasdaq, o que dificultaria a vida de diversos acionistas da Linx, segundo a revista Exame. O BDR poderá facilitar o acesso de parte desses investidores.

BB (BBAS3)

O Banco do Brasil oficializou que André Guilherme Brandão vai ocupar o cargo de presidente do banco. Brandão atua no mercado financeiro há 34 anos, tendo atuado no HSBC por mais de 20 anos em diferentes funções.

Cemig (CMIG4)

A Cemig aprovou o pagamento de juros sobre o capital próprio de R$ 120 milhões, correspondente a R$ 0,07904259285 por ação. Farão jus os acionistas detentores de ações no dia 25 de setembro de 2020. O valor será pago em duas parcelas iguais. A primeira será paga até 30 de junho de 2021, e a segunda até 30 de dezembro de 2021. As ações serão negociadas sem os direitos em 28 de setembro.

Weg (WEGE3)

A Weg aprovou juros sobre capital próprio de R$ 72,310 milhões, correspondente a R$ 0,034470588 por ação. Farão jus os detentores de ações em 25 de setembro de 2020. As ações serão negociadas ex-juros de 28 de setembro em diante. O ocorrerá em 10 de março de 2021.

Embraer (EMBR3)

O conflito entre a Embraer e o Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos diante das demissões de centenas de funcionários teve mais um capítulo nesta terça. O Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 15ª Região propôs, em audiência de conciliação, o cancelamento de 502 demissões feitas pela Embraer e a adoção de lay-off (suspensão temporária do contrato) como forma de se preservar os empregos. O número de trabalhadores se refere àqueles representados pelos sindicatos dos metalúrgicos de São José dos Campos e Araraquara, afirmou a categoria.

O sindicato subiu o tom contra a empresa depois que a Embraer anunciou, no início desse mês, a demissão de mais de 900 trabalhadores. A fabricante aeronáutica alega que os cortes (cerca de 2,5 mil no total, considerando PDVs) vieram por causa da pandemia e do fracasso do acordo com a americana Boeing.

As partes buscam um meio termo há alguma semanas, mas sem sucesso. De um lado, a Embraer entregou proposta de extensão do plano de saúde e vale alimentação no valor de R$ 450 até junho de 2021 e reforçou a preferência de recontratação conforme retomada de mercado. Do outro, a categoria pede o cancelamento das demissões.

O TRT deu prazo de uma semana para a Embraer e o sindicato avaliarem o assunto e marcou uma nova audiência para o dia 29.

(Com Agência Estado, Reuters e Bloomberg)

Do Zero ao Gain: intensivo gratuito de 4 dias com André Moraes ensina como extrair seu primeiro lucro na Bolsa. Clique aqui para se inscrever

The post Localiza e Unidas anunciam acordo para combinação de negócios; Cemig e Weg pagarão proventos e mais notícias appeared first on InfoMoney.