O presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos), Jerome Powell, ressaltou que a instituição está comprometida em utilizar os instrumentos de política monetária caso seja necessário para coibir altas excessivas da inflação, que ele não acredita que ocorrerão no curto prazo.

“Nossos instrumentos monetários estão dedicados para orientar a inflação, como taxas de juros e programa de afrouxamento quantitativo”, destacou Powell em audiência no Senado.

“Estamos fortemente comprometidos com inflação média de 2% ao longo do tempo. No curto prazo, esperamos pressões de alta de inflação por questões estatísticas, que será uma elevação transitória”, ressaltou o presidente do Fed.

“Caso a inflação ameace desancorar expectativas acima de 2% poderemos usar os instrumentos disponíveis se necessário. Se virmos que a inflação tornou-se consistentemente acima dos nossos objetivos poderemos usar instrumentos para baixá-la.”

Participe do Treinamento gratuito Scalper Pro e entenda como extrair lucro e controlar riscos na Bolsa em operações que duram minutos ou segundos! Inscreva-se aqui.

The post Se inflação ficar consistente acima da meta, Fed diz que pode agir para baixá-la appeared first on InfoMoney.